Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2014

"Eu já morri!"

Pensando sobre começos e fins, me lembrei de uma certa fala em um filme que eu gosto um bocado. No inicio do filme em questão, Elektra (personagem que dá nome ao filme), prestes a matar um homem diz a ele que "a morte não é tão ruim", o moço por sua vez questiona "como você sabe?" e ela responde prontamente "EU JÁ MORRI!". Eu sei muito bem que a personagem quis dizer morte literal, mas ao longo do tempo, eu fui percebendo que há mais de um tipo de morte, e percebendo isso, descobri que eu já morri também. 

Sim, eu acredito que alguém pode morrer estando vivo, acho possível morrer varias vezes estando vivo, eu já perdi a conta de quantas vezes foram. Eu sei que você também já sentiu, aquele sentimento de fim, de não saber o que fazer com os pedaços do que sobrou, o sentimento de que não sobrou nada pra juntar, de ter um enorme zero como ponto de partida pra recomeçar e talvez acreditar piamente que é impossível recomeçar, não importa o quanto as pessoas ao …