Seu cansaço...


E você continua aceitando. Embora continue não compreendendo nada. Em um dado momento as respostas se tornam desnecessárias e a única coisa que te resta é o desejo do fim. Por que as chegadas não causam mais euforia, deram lugar ao cansaço. O cansaço das horas esperadas que nunca foram recompensadas. O cansaço de um sorriso que nunca chegou aos olhos. O cansaço do abraço que não envolve mais que braços. O cansaço desse grito preso na sua garganta. O cansaço daquilo que você simplesmente não pode dizer. O cansaço de estar sempre desculpando coisas que você sabe que vão se repetir. O cansaço da saudade daquilo que era doce e se tornou amargo. O cansaço de sentir tanta falta de você mesma. O cansaço de não conseguir parar de pensar naquilo que não pode mais ser modificado. O cansaço de não conseguir se fazer entender. O cansaço da busca por preencher um buraco sem fundo. O cansaço do seu relógio sempre atrasado. O cansaço das repetições que não levam a lugar algum. O cansaço de estar cansada e não esperar mais nada por já ter esperado demais.

O peso do cansaço das coisas que você fez(ou nunca fez) por uma causa perdida...


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"Eu já morri!"

NOSSAS FALTAS

"EU JÁ MORRI!" (parte 2)